• SEDE: Quinta de Belém, Lote 24 Vildemoinhos
  • 232 410 020
  • info@apcviseu.org.pt

PROJETO RESIDÊNCIA AUTÓNOMA CAPACITAR

Voltar aos projetos


NOME DO PROJETO

RESIDÊNCIA AUTÓNOMA CAPACITAR

ENQUADRAMENTO

Como resposta à dádiva feita por um pai de um cliente portador de paralisia cerebral de um rés-do-chão de uma vivenda isolada, a APCV apresentou em 2014 uma candidatura ao BPI – Capacitar para remodelar, nomeadamente criando 4 quartos, sala de estar, copa, casas de banho adaptadas e jardim exterior, com equipamento desenhado tendo em conta as especificidades dos seus potenciais moradores. Foi também sua preocupação criar condições de acessibilidade adequadas, assim como reorganizar todo o espaço envolvente, de forma a eliminar qualquer tipo de barreiras que pudessem obstar à livre circulação das cadeiras de rodas, cumprindo todos os requisitos técnicos, de acordo com as orientações existentes.

O Projeto dá seguimento ao plano estratégico da Instituição ao nível do seu do eixo de Infraestruturas e Equipamentos – dotar as respostas e serviços de melhores condições de desenvolvimento de atividades no que concerne a construção/adaptação residência para autónomos.

O Projeto Residência Autónoma foi promovido pela APCV – Associação de Paralisia Cerebral de Viseu e apoiado pelo BPI Capacitar, numa fase inicial e posteriormente pela Fundação PT.

A ênfase do projeto está centrada nas questões associadas às necessidades identificadas pela Instituição e de acordo com o diagnóstico social de Viseu do CLAS, onde é referido que os equipamentos residenciais no concelho de Viseu são insuficientes.

Esta estratégia encontra na Residência Autónoma, equipamento construído no ano de 2015, um importante marco, não só pelos resultados alcançados mas também pelas necessidades que este equipamento vai permitir, mais concretamente ao nível de alojamento temporário ou permanente destinado a pessoas com deficiência e incapacidades que, mediante apoio, possuem capacidade de viver de forma autónoma, promovendo competências e oportunidades de vivencias de tarefas do quotidiano, tais como atividades de vida quotidiana e atividades de vida diária melhorando assim a sua qualidade de vida e também o desenvolvimento de comportamentos adequados para o convívio social e comunitário.

AÇÕES REALIZADAS

Após término do projeto, foi realizado no dia 11/12/2015, nas instalações da APCViseu em parceria com o CLAS de Viseu, o workshop Residência Autónoma – Capacitar para a Autonomia.

A ação teve início com a abertura do Workshop pelo Presidente da Direção da APCV e contou com a presença de representantes do Centro Distrital de Viseu do Instituto da Segurança Social, I.P., Camara Municipal de Viseu, BPI Capacitar, Fundação PT e Auto Reparadora da Muna, organizações/serviços que financiaram o projeto de criação da Residência “Nuno Ribeiro Duarte”, bem como a aquisição de mobiliário, equipamento e sua decoração.

Para além dos representantes das organizações/serviços, pudemos contar com a presença e testemunhos de técnicos e clientes da unidade residencial Villa Urbana da Associação do Porto de Paralisia Cerebral.

Esta ação cumpriu o seu objetivo, tendo contribuído para a reflexão dos participantes, sobre a importância destas habitações como espaços de transição para a vida ativa e respeito pelo projeto de vida de cada residente, sua individualidade e oportunidade de aprendizagem para viver de forma o mais autónoma possível.

RESULTADOS E IMPACTO

Ao nível da Instituição: Melhoria da qualidade de resposta da Instituição; Maximização dos recursos humanos e materiais existentes;

Ao nível dos beneficiários: Aumento da qualidade de vida; Bem-estar físico e psicológico; Maior acesso e Inclusão na comunidade local;

Ao nível da Comunidade: Aumento da cobertura de estruturas residenciais para cidadãos com deficiência;

FOTOS


APOIOS